domingo, 22 de janeiro de 2012

Apenas para contar o quanto eu te amo!

Estava eu, assistindo um filme daqueles de comédia romântica (mas que de comédia não tem nada). E me deparei com a verdade, a verdade que me deparo tantas vezes ultimamente. Não quero tardes ensolaradas e sonhos realizados se não forem com você. Não quero buquês de flores, nem romances típicos, nem conversas fiadas se não for com você, se eu não estiver com você para eu contar dos meus dias medíocres e dos meus sonhos e dos meus planos e dos meus atos. Antes de você, era eu e pronto, no meu mundinho bem equilibrado e algumas coisas fora do lugar. Era muito simples: eu fazia as minhas coisas e, simplesmente, não me importava e as pessoas se acostumaram a pensar "isso é coisa dela, é assim que ela é" e não me incomodavam. Com você foi diferente. Pela primeira vez eu me importo e, pela primeira vez, alguém na vê meus atos pesados como "coisa minha". E você acredita em mim e eu acredito em você. E não importa o quão desconfortável a situação às vezes aparece é aqui que é meu lugar. Cuidando de você e sendo cuidada por você. E não importa o quanto isso assuste e o quanto seja novo. Eu quero mais dias diferentes, quero mais situações as quais eu tenha que aprender a lidar se isso significar estar com você. Eu quero um pequeno, mínimo que seja, espaço na sua vida para fazer de nossas vidas a melhor de todas...


Paula Cristina.