terça-feira, 14 de agosto de 2012

Uma cena

As cortinas entreabertas deixavam a claridade da manhã recém chegada adentrar o quarto. Na cama era possível ver seus pés entrelaçados saindo por debaixo do cobertor. O lençol, todo revirado, cobria os amantes que dormiam abraçados. O cheiro de lavanda tomava o quarto e os ninava para sonhos tranquilos ao lado um do outro.



Paula Arrais.