segunda-feira, 23 de abril de 2012

Preciso.

procuro um tempo pra mim. Daqueles de silêncio e meditação, calmaria, paz e serenidade. Não precisa tocar harpas nem descer querubins... apenas um tempo só para mim. Deixar de lado o "tem que fazer" e não fazer nada ou... fazer o que gosta, o que quer, o que "der na telha". Preciso de mim e do meu tempo e do meu espaço. Preciso urgente. Preciso tanto que marquei hora.